quinta-feira, março 29, 2007

RUPATADINA

Mais vulgarmente conhecido por Rinialer. link RCM

Estou espantado, como é que o INFARMED comparticipa um anti-histaminico H1 (data de comparticipação 05-07-2004) que não apresenta quaisquer vantagens relativamente aos outros anti histaminicos H1 de 2ª geração, com preço superior aos comparadores.

Aerius - €7,59
Rinialer - €9,68
Claritine - €7,63
Loratadina genérico - €4,89

De notar que a Rupatadina tem o mesmo metabolito activo que a Loratadina (Claritine), a desloratadina (aerius).

A comparticipação foi aprovada, com uma condição:


"A comparticipação deste medicamento, foi condicionada à celebração de um contrato com a empresa titular de AIM com o objectivo da, contados dois anos desde a entrada deste medicamento na lista de medicamento comparticipados, empresa apresentar evidência cientifica da mais-valia terapêutica do medicamento Rinialer® nas indicações terapêuticas aprovadas, através de estudos randomizados e controlados contra comparador activo e de um estudo de avaliação económica por forma a suportar uma favorável relação custo-efectividade deste medicamento face aos seus comparadores (anti-histamínicos H1 de segunda geração). Caso estes dados não sejam apresentados, o medicamento Rinialer® deverá reajustar o seu preço para o nível de preço das alternativas comparticipadas. "

in
RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO NO ÂMBITO DO PEDIDO DE COMPARTICIPAÇÃO

No RCM (actualizado em 01/09/2006), não vejo mencionado nenhum RCT com comparador activo.

Não encontro nenhum estudo de custo-efectividade que compare a rupatadina com os seus comparadores activos (se calhar vi mal, não procurei bem ou não tenho acesso).

No site da EMEA não aparece nada com Rupatadina. Provavelmente, obteve AIM através de procedimento nacional, não consegui confirmar.

FInalmente, gostaria que alguém me explicasse porque é que o Rinialer é €2 mais caro que os comparadores activos e €5 do que o genérico de referência? Será por ser da BIAL? Será do Guaraná?

4 comentários:

Vladimiro Jorge Silva disse...

Estou absolutamente indignado: a reunião de apresentação do "kit de recursos humanos", que dura "entre 60 e 90 minutos" e decorrerá (decorreu?) nas instalações da ANF de Coimbra foi creditada com 2,1 CDPs!!!!!
Ou seja, uma reuniãozeca sobre assuntos não técnicos vale mais de 1/3 dos créditos que os autores deste blogue receberão quando concluírem a PG em Farmacoterapia!!!! Quem for a 3 destas reuniões terá mais créditos do que quem se pós-graduar!!!!
O processo de atribuição dos CDPs é absolutamente imoral e deverá merecer a maior atenção do próximo BOF.
Se fosse eu o BOF, quem participasse numa reunião dessas não só não ganharia uma única décima de crédito, como ainda perderia pelo menos dois créditos por estar a desperdiçar tempo útil de trabalho em reuniões de treta!!!

Mário de Sá Peliteiro disse...

Sobre a rupatadina, em 2005

http://trenguices.blogspot.com/2005/10/rupatadina.html

NM disse...

Toda a razão Vladimiro, acho que o guidobaldo está a compilar toda a informação que criámos para depois actuarmos em conjunto e intervirmos activamente na eleição do novo BOF.

Obrigado MSP, não tinha conhecimento desse post. Investiguei porque apareceu um DIM, aqui na farmácia, armado em chico esperto.

guidobaldo disse...

Verdade NM. Dia 10 levo uma proposta pará análise e discussão. Abraços